1 de jul de 2011

Sou o resultado

Não sou má como alguns desafetos pintam. Porém também não sou tão boa como alguns amigos me vêem.
Sou o resultado.
Um resultado complexo. E creio que indefinido.
Tem dias ou épocas da vida que sou apenas soma. A soma do carinho, da gentileza, da fidelidade.
Outros dias sou multiplicação. Multiplicação da saudade, dos fantasmas, da tristeza. Paradoxalmente também posso multiplicar a empolgação, os risos, os abraços, as alegrias.
E tem aqueles dias de subtração. Embora subtrair pareça depressivo, às vezes é bem útil. Diminuo ansiedade, solidão, problemas, carência. Porém há dias que a subtração corta o tempo, a caminhada, o sossego, a calma...

E tem a etapa de divisão. Divido a casa, o almoço, o espaço no sofá, o colo, o café, o cafuné, as gargalhadas, as conversas longas, os olhares intensos.

Sou resultado a uma ação.
Quando der aquela vontade de querer questionar, me pergunte ou simplesmente analise as suas ações comigo.
Mas não esqueça do principio da incerteza. Afinal uma soma pra você poder dar um resultado. Para mim outro totalmente diferente. Acho que a beleza está ai. Embora seja resultado de algo, nunca seremos iguais mesmo que os fatores sejam os mesmos.

Um comentário:

  1. Teu msn estó ok ou ta sempre off ou nem ta entrando?

    Entra. saudade de ti meu resultado.

    L.
    *-*

    ResponderExcluir