6 de jan de 2010

Nave Vida


Sou simples passageira dessa nave... Mas não igual aos outros. Enquanto uns permanecem a viagem toda sentada, alguns olhando o corredor, outros observando as janelas, eu sigo entre janelas, corredor, troca de lugares. Paradas rápidas em algumas estações outras um pouco mais demoradas. Depende do quanto o momento me instiga a ficar...
Nessa nave da vida sigo meus impulsos. Embora escute minha razão e a use em vários momentos... É meu coração que tem a bússola que sigo.
Crio meus próprios mapas. E saio em busca das aventuras que preciso.
Se houver uma turbulência na nave não se assuste. Mesmo estando nessa nave vida sou eu quem comanda meus passos. Vez por outra quero outra dimensão e preciso parar urgente em algum lugar. Em cada parada nunca garanto meu retorno. Pode ser que encontre outro caminho...
Importa-me os seres que amo. Mesmo que deseje o bem de todos, é por aqueles que amo que sou capaz de mudar a rota dessa nave....
Não importa o que os outros digam ou pensam. Não importa o quanto caluniam e debocham. As coisas sem sentido ditas pelo intelectual que senta no corredor sem nada viver, ou as coisas ditas pelo covarde que fica na janela com olhos esbugalhados fingindo viver pelas imagens que observa, de nada têm valor...
Não faz diferença quando o ser do corredor e o da janela fazem confabulações. Mesmo que de longe seus disfarces pareçam reais enganam somente os outros tolos iguais a eles mesmos.
Algumas vezes uns deles atuam tão bem que ficam por um tempo perto de mim. Mas isso termina por suas próprias mãos que arrancam com as suas atitudes suas máscaras podres. A mim cabe presenciar tais fatos. Durante um tempo sofro...Outras ocasiões são tão patéticas que rio...Mas sempre me reconstruo. Restam as cicatrizes que eles deixam. Que mais tarde podem servir de lição para não acreditar em determinadas pessoas durante a viagem na nave.
Eu vou vivendo cada música. Cada texto. Cada tempo. Cada sentimento. Cada momento. Meu destino não é de ninguém...
Os outros? Como disse antes não importa....Afinal por que importariam para uma simples passageira dessa nave....

Nenhum comentário:

Postar um comentário