15 de set de 2009

Quando sua ausência faz sentido

De todas as coisas que penso você é a mais luminosa. Em meio a tantas calúnias e maldades você é o ponto de luz...
Perdi as contas de quantas vezes escutei a música que sem explicação me lembra você...
Pelo pouco que me conheço sei que busco na melodia triste e ao mesmo tempo linda ir ao teu encontro...
Meus pensamentos me traem. Entre a memória de quem morreu e a sua eu fico navegando e naufragando...
Será que encontrarei conforto aqui? Em algum lugar?
Nem sei se quero conforto...Não sei mais o que busco...Se é que ainda busco alguma coisa...
Creio que apenas quero sua presença....O seu colo...As suas palavras confortantes...O seu sorriso doce...O seu olhar penetrante... A sua capacidade de me ver realmente...JustificarDiferente de todos esses tolos que se enganam pelo jeito de lobo em pele de cordeiro...
Eu quero aquele carinho puro de ajeitar meu cabelo...De beijar minha testa...De me abraçar e dizer que eu terei forças e ficarei bem...
Eu quero ouvir aquela frase sincera: " ele vai ver a verdade, fica calma menina"...
Estou precisando ouvir de você: " Não seja teimosa bancando a forte e deita no meu colo"...
Esta sua distância me enlouquece...Mas sua ausência sempre presente é o que tem feito sentido na minha alma...



Um comentário:

  1. aiai... isso é amor, né amiga?
    beijocassssss...

    aliás... que frase linda hein?
    "Esta sua distância me enlouquece...Mas sua ausência sempre presente é o que tem feito sentido na minha alma..."

    ResponderExcluir