30 de mar de 2010

Repetição

Há poucas horas, após sua análise sobre repetição na vida, ela abrira a gaveta da cômoda. Ia fazer algo banal. Trocar os lençóis da cama. Na primeira gaveta, estava o caderno. Abriu-o sem querer. E na página aberta as letras conhecidas:
" Uma lágrima pode ser mais preciosa que ouro".
Riu. Embora seu coração sentisse tristeza. Será que o dito escritor sabia o valor do que escrevia? Tinha certeza que não. Sabia isso pelas suas próprias lágrimas.
Rasgou algumas páginas do caderno. Jogou-as ao lixo. Deixou apenas aquela frase. Sem saber ao certo o porquê.
Os minutos passaram. Conversou com a amiga. Saiu tomar uma cerveja. Discutiu banalidades. Mas na sua mente a palavra ecoava: REPETIÇÃO. REPETIÇÃO. REPETIÇÃO.
A vida era uma repetição. Dos bons e dos maus momentos.
Mesmo que você saiba isso. Mesmo que tenha conhecimento para não repetir-se na existência; de algum jeito o destino traz a repetição para seus dias.
E aquela pessoa que parecia tão diferente te coloca nessa situação repetida. Não que a pessoa em questão seja má. Não é questão de ser mau ou bom. A pessoa em si apenas cumpre seu papel nessa novela da existência.
E ter conhecimento sobre isso não te ajuda em nada. Não podes abrir os olhos de quem não quer ver. Nessas circunstâncias a memória te leva do presente ao passado. E te faz até já ver o futuro.
Do passado voltam as dores, ás lágrimas, os cheiros e até os gostos das situações.
No presente as emoções assustam.
Sente-se tão cansada que não sabe explicar...
E tão pouco tem-se paciência para discussões ou desculpas e menos ainda promessas. Afinal já viste esse filme e sabe-as de cor.
No coração a palavra ainda ecoa: Repetição...Repetição....

Olhou para o lado. Será que ele percebeu a lágrima caída? Será que ele sabe que tudo se repete? Será que sente que a lágrima pode valer mais que ouro?
Suspeitava que ele não soubesse.
Repetidamente ela guarda sua dor, escuta uma música e fuma um cigarro, após umas palavras de desabafo num caderno....

Um comentário:

  1. Se livrar das repetiçoes é o inicio do crescimento espiritual. Se nao pode ajudar os outros a se livrarem, nao desista de crescer bebê.

    **

    ResponderExcluir